A sabedoria de Musashi

Estamos no Japão feudal, um tempo e local onde as pessoas buscavam fazer aquilo que lhes era atribuído buscando a máxima perfeição, tanto nos seus modos como em seus resultados. Muita coisa podemos aprender de lá. Nesse época, vivia por lá um homem chamado Miyamoto Musashi. Ele era um samurai.
Dentre diversos ensinamentos que esse sábio nos deixou, muitos podem ser aplicados a coisas do nosso cotidiano, inclusive, por que não, no desenvolvimento de equipes e pessoas de alto desempenho. Vou citar alguns aqui, extraídos do livro “Os cinco anéis”.

“There is nothing outside of yourself that can ever enable you to get better, stronger, richer, quicker, or smarter. Everything is within. Everything exists. Seek nothing outside of yourself.”

O paralelo que podemos fazer desse ensinamento seria que muitas vezes, pessoas, organizações, equipes buscam soluções mirabolantes e demandam que pessoas externas àquele grupo venham para lhe dizer obviedades. Ouça seu time, faça retrospectivas, sessões de brainstorming, a solução para seus problemas pode estar escondida dentro daquele cara mais tímido da sua equipe.

“Do nothing that is of no use”

Evite o desperdício. Desperdício em todas as suas formas. Mapeie o sua cadeie de valor e encontro as etapas em seu trabalho que realmente agregam valor ao seu processo produtivo. Reuniões inúteis, estoques sem propósito, processo sobrecarregados, defeitos, tudo isso é desperdício e deve ser evitado.

“You can only fight the way you practice”

Ou no português claro e atual, cada um no seu quadrado. É impossível para alguém opinar com propriedade sobre algo que não conhece ou mesmo que conhece apenas superficialmente. Só é possível dar testemunho (novamente, com propriedade) de algo que se viveu. Se me propor a falar sobre as experiências de outros certamente soará falso e minha credibilidade se porá a perder. É importante entendermos que um time deve ter dentro de si todas as habilidades necessárias para completar suas tarefas. Veja bem, o time, não o indivíduo. Aceitar que existem áreas de conhecimento que fogem ao meu domínio me permite aprender mais sobre elas e evitar problemas.

“To know ten thousand things, know one well”

Hoje muitas pessoas se gabam de seu conhecimento horizontal, conhecer muitas coisas mas todas de maneira superficial. Isso leva a diversas coisas das mais bizarras como um consultor, que foi treinado por uma consultoria, não fez cursos, não participou de eventos ou coisa semelhante e muito menos participa da comunidade para poder debater suas idéias. Tal “profissional” afirma coisas como que o papel do ScrumMaster deve ser rotativo, sendo trocado o papel entre os membros do time. Esse, entre outros absurdos, são apregoados por profissionais rasos, que não buscam aprofundar o conhecimento em nada e dizem conhecer tudo que há para se conhecer. Caso você queira ser um profissional com alto conhecimento horizontal isso não é negativo. Mas é importante que antes de se tornar um generalista, seja especialista em pelo menos uma! Escolha uma área que você realmente gosta e aprenda essa pra valer! Depois vá e amplie seus conhecimentos, mas não sem antes ser reconhecidamente um especialista em alguma área.

“You must understand that there is more than one path to the top of the mountain”

Não negue as outras linhas de pensamento. Já vi isso dezenas, se não centena de vezes. O cara aprende Java e começa a descer o pau em .NET, aprende Kanban e começa a malhar em Scrum. Acontece todo o momento, muito, por medo dos profissionais. Muitos profissionais, por medo da contestação partem para o ataque e começam a detonar os outros métodos. Como eu sempre digo, não é porque você descobriu o martelo que agora tudo se tornou prego.

Assim meus amigos, nem preciso o quanto sabedoria pode vir de onde se menos espera e quanto isso é aplicável em nosso cotidiano, especialmente num mundo tão “dogmático” como esse de gestão ágil de projetos.

Posted on: 29 de julho de 2014, by :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *