Era uma vez um menino que fazia brinquedos, assim como eu ou você em nossa tenra infância. Sua ferramenta era a criatividade. Apenas ela. Com ela, papel virava avião, galho virava varinha de condão e o mundo ficava mais divertido aos seus olhos. Digo aos seus olhos, pois qualquer adulto…